7 dicas para superar a melancolia outonal

O passo do quente verão ao lânguido outono pode ser sinônimo de desconforto. Se você se sente mais cansado e sem vitalidade, sem saber por que, não se preocupe: é uma reação normal do seu corpo e mente. Contamos-lhe como remediá-lo de uma forma simples e natural

Artigos relacionados

Segunda-feira 10.09.2018

Segunda-feira 10.09.2018

Segunda-feira 10.09.2018

Em torno de 3% da população sofre de transtorno afetivo sazonal, ou seja, uma depressão ligada à mudança de estação: as férias estão longe, a rotina se estabelece, as horas de luz natural diminuem e as temperaturas caem. No entanto, o outono é uma estação rica de boas notícias. Veámoslas.

1. A riqueza cromática

De repente, um dia, a caminho do trabalho, você olha ao seu redor e o cenário mudou, os amarelos, marrons e avermelhados que surgem em cada esquina. A beleza que oferecem as árvores e as plantas das cidades é uma excelente desculpa para acabar com a preguiça e te aventures a dar um passeio.

Como te ajuda: se sair durante o dia, pelo menos meia hora e anda a passo leve, incrementarás sua sensação de bem-estar, graças à liberação de endorfinas.

2. As escapadinhas

O outono também é famoso por suas “pontes”, que nos convidam a fazer parênteses de sol em destinos moderados ou zambullirnos nas bucólicas postais rurais com iluminação zenital.

Como te ajuda: uma mínima exposição aos raios UVA (com fotoresistente) melhorar a sua resistência à tristeza e a depressão, graças à produção de serotonina.

3. A gastronomia

A época mais melancólica do ano traz uma infinidade de alimentos que, além de fazer você desfrutar, estão cheios de propriedades nutricionais:

1- castanhas: sem dúvida, uma das alegrias de restaurantes que oferece o outono. Um dos frutos secos e menos calóricos, que contêm fibras, potássio, ferro e cálcio, vitaminas C e e, e são baixas em sódio. E são deliciosas!

2- frutas cítricas, como laranjas e tangerinas, cheios de vitamina C – que ativam as defesas –, ácido fólico e potássio;

3- legumes, que, combinadas com arroz, fornecem proteínas de alto valor biológico;

4- cogumelos, cuja inclusão na dieta permite o consumo de vitamina D, sem aumentar o aporte calórico ou de peso.

Como te ajuda: a ingestão de fruta e legumes da época lhe dará energia graças a que são o complemento vitamínico natural que seu corpo necessita.

4. O descanso

O relaxamento é um ponto importante que está sempre unido ao outono. Aproveite o mau tempo para descansar e relaxar, dormir ou, simplesmente, contemplar a chuva desde o sofá com um cobertor e uma bebida quente.

Como te ajudara: dormir um número de horas saudável contribui para a manutenção de seu equilíbrio interno.

5. Os novos propósitos

O outono é um momento excelente para começar novas atividades (aprender um idioma, inscrever-se em alguma atividade ou retomar um hobby, como ler, ouvir música ou fazer palavras cruzadas) ou desprender-se de maus hábitos, como o tabagismo.

Como te ajuda: manter-se ativo dará trabalho para o seu cérebro e o seu estado de espírito vai se beneficiar. Além disso, se você deixar de fumar, vai ser o melhor que você pode fazer por sua saúde neste momento.

6. A atividade social em casa

Se acabam os terraços e as atividades ao ar livre, mas voltam as reuniões em casa, os jogos de mesa…

Como te ajuda: uma atividade social ativa contribuirá para ganhar na saúde física e mental, de forma imediata, graças à liberação de dopamina e endorfinas.

7. O tempo para si mesmo

Planejar um dia de cuidados corporais também é uma das atividades que lhe traz o outono. Cria um ambiente bem iluminado, vê um bom banho morno – para não ressecar a sua pele – e hidrata seu corpo (em especial, mucosas e mãos, punidos por aquecimento) e o seu cabelo (que tanto preocupa nesta estação para o aumento da queda e que, no entanto, está mais relacionado com a volta à rotina e às atividades estressantes).

Como te ajuda: promover atividades gratificantes para ficar bem fará com que você se sinta bem.

Este texto foi elaborado com as informações dos médicos Vitória Almeida (dermatologista no Hospital Quirónsalud Vitoria), Graça Lasheras (psiquiatra no Hospital Universitário Dexeus) e Bruno Francisco Garcia e Bray (endocrinólogo em hospitais Quirónsalud Costa Adeje Tenerife).

A finalidade deste blog é fornecer informações de saúde que, em qualquer caso, substitui a consulta com o seu médico. Este blog está sujeito a moderação, de forma que excluem-se dele os comentários ofensivos, publicitários, ou que não se considerem adequados em relação com o tema que trata cada um dos artigos.
Os textos, artigos e conteúdos deste BLOG estão sujeitos e protegidos por direitos de propriedade intelectual e industrial, dispondo das empresas que formam o Grupo QUIRÓNSALUD (Rede de centros Quirónsalud), as permissões necessárias para a utilização das imagens,fotografias, textos, desenhos, animações e outros conteúdos ou elementos do blog. O acesso e utilização deste site não confere ao internauta qualquer tipo de licença ou direito de uso ou exploração de qualquer um, por isso o uso, reprodução, distribuição, comunicação pública, transformação ou qualquer outra atividade similar ou análoga, está totalmente proibida sem a autorização expressa por escrito do Grupo QUIRÓNSALUD. Para estes efeitos, e no que diz respeito ao texto deste blog, o mesmo está sujeito à licença Creative Commons, o que pode ser reproduzido em outros sites, mas você deve citar-se o autor e inserir um link para esta publicação.
QUIRÓNSALUD se reserva o direito de retirar ou suspender temporária ou definitivamente, a qualquer momento e sem necessidade de aviso prévio, o acesso ao blog e/ou os conteúdos do mesmo para todos os visitantes, internautas ou usuários de internet que não cumpram o estabelecido no presente Aviso, tudo isso sem prejuízo do exercício das acções contra os mesmos que procedam conforme a Lei e o Direito.

(Não Ratings Yet)
Loading…

Leave a Reply