Substâncias que ajudam na produção de Colágeno

O Colágeno é uma proteína com alto teor de hidratação corporal, quanto maior for a quantidade de inserção dessa substância no seu dia a dia, seja por meio de cremes de tratamento, suplementação, ou estimulação a produção no próprio corpo, maiores serão os benefícios que você vai sentir em relação ao rejuvenescimento celular de tecidos, cuidados de hidratação com pele, cabelos e unhas e ainda a prevenção de problemas como osteoporose.

Mesmo que o Colágeno possa ser suplementado ele é produzido normalmente pelo corpo, e se você estimulá-lo a aumentar a produção trará diversas vantagens em um curto período de tempo. Mas, para você curioso, sabe quais as substâncias existentes no corpo que favorecem a produção de Colágeno? Se ainda não, trouxemos este material completo com uma listagem de cada substância envolvida no processo. Vamos agora descobrir mais sobre!

Cobre

O Cobre é a primeira substância que ajuda na produção do Colágeno. Alguns produtos com o Renova 31 são ricos em cobre. Você já sabe que essa proteína é produzida normalmente pelo corpo, mas que existem formas de suplementar o Colágeno em pó e ainda de estimular o aumento na quantidade dessa substância no corpo com a inserção de alimentos específicos na alimentação diária, e um elemento que não pode faltar no cardápio é o Cobre, pois é um alto estimulante da produção de Colágeno de forma natural.

Ele é um tipo de metal que pode ser encontrado em diversos tipos de alimentos, como as sementes de gergelim, lentilhas e ainda no cacau em pó. Mesmo que você não venha a consumir estes alimentos de forma singular, você pode inserir eles na produção de receitas deliciosas durante a sua semana, criando sobremesas incríveis que vão te ajudar a ter uma vida mais saudável.

Lipoceno

Você talvez não tenha ouvido falar nessa substância, mas ela é super presente no dia a dia de muitas pessoas mesmo que passe desapercebida e ajuda a conferir ainda mais a alta produção de Colágeno no corpo. O Lipoceno tem uma coloração bem avermelhada e pode ser percebida nos alimentos que faz parte apenas por essa característica, se o alimento tem o Lipoceno em sua estruturação e apresenta uma cor mais forte de um tom vermelho é porque traz esse antioxidante em ainda maior quantidade, valendo a pena investir.

Dentre os alimentos que possuem o Lipoceno está o tomate, a goiaba e a melancia. Frutas e legumes que são comuns de serem ingeridos diariamente, e que

agora vão ganhar uma atenção especial devido o conhecimento de que ajudam na produção de Colágeno.

Glicina

A Glicina é um aminoácido que auxilia na produção em maior quantidade do Colágeno pelo corpo, mas não é considerado essencial, por isso é feito pelo próprio corpo. Com a introdução desta substância na sua alimentação você poderá maximizar os benefícios do Colágeno no seu corpo, estando ele presente nas carnes vermelhas, na pele do frango e porco e ainda na proteína de soja e sementes de abóbora.

Lisina e Prolina

A Lisina, em contrapartida a Glicina,é um aminoácido de característica essencial ao corpo, por isso se torna ainda mais necessária a sua ingestão, ainda mais pelo fato de que o corpo não é capaz de produzir esta substância. Os alimentos ricos em Lisina são os frutos do mar, os produtos que tem como base a soja junto com derivados do leite e verduras e legumes de baixa concentração. A Prolina é outro aminoácido, mas não essencial, que ajuda no aumento do Colágeno no corpo, os alimentos que contém esta substância são a clara do ovo, repolho, aspargos e cogumelos.

Leave a Reply